?

Log in

strange form of life

Recent Entries

.

View

Navigation

December 4th, 2016

(no subject)

Share
(...)
Falar provoca doenças
Falar é mais grave que um tiro
Há que ter cuidado para não morrermos
de palavras por isso nem sou eu que
escrevo
é a mão da minha infra-consciência

Mas quero dizer-te que estamos aqui,
não duvides, perante os carros mal
estacionados,
perante os braços exemplares dos
nossos amigos - e as suas ausências
perante o modo como atinges o ar
com a graça do que te eleva,
perante os meus seios empinados-contentes
e o desembarque da tua exclamação divina

Estamos aqui e eu quero dizer-te
que é de ti que vêm as casas
e é de ti que vêm os ossos
E que se quiseres podemos ser
como pontes:
eu num lado, tu no outro
e no meio a distância que
quisermos dar.

Ver no Escuro, Cláudia R. Sampaio

December 1st, 2016

(no subject)

Share


My battered heart will always be
where the ocean meets the sand, I
will break over and over

every day. That is the best and
worst part of me.


Clementine von Radics

(no subject)

Share
(..) And you tried to change didn't you?
closed your mouth more
tried to be softer
prettier
less volatile, less awake
but even when sleeping you could feel
him travelling away from you in his dreams
so what did you want to do, love
split his head open?
you can't make homes out of human beings
someone should have already told you that
and if he wants to leave
then let him leave
you are terrifying
and strange and beautiful
something not everyone knows how to love.


“For Women Who Are Difficult to Love,” Warsan Shire

November 29th, 2016

(no subject)

Share


Só por existir
só por duvidar
tenho duas almas em guerra
e sei que nenhuma vai ganhar
eu sei que nenhuma vai ganhar.

November 27th, 2016

(no subject)

Share


Crazy love, it's not you I fear.

November 24th, 2016

For years mental health professionals taught people that they could be psychologically healthy without social support, that 'unless you love yourself, no one else will love you.' (...)The truth is, you cannot love yourself unless you have been loved and are loved. The capacity to love cannot be built in isolation.

Bruce D. Perry, The Boy Who Was Raised as a Dog



shopify analytics

(no subject)

Share


Heaven and earth don't ever mean enough
speak to me of heroin and speed
just give me something I can believe.

November 23rd, 2016

(no subject)

Share
I wish that I had've told you then where my kindness ends.

November 22nd, 2016

Nem sempre é fácil.

Share


A melhor cena sobre aquele período do mês.

November 20th, 2016

(no subject)

Share




Solitude, quality solitude, is an assertion of self-worth, because only in the stillness can we hear the truth of our own unique voices.

Pearl Cleage

November 18th, 2016

Friday night fever

Share


Baby, don't you wanna dance upon me
to another time and place?



Pequeno apontamento (lembrei-me ao rever vídeos da moça):
Nos tempos áureos da Britney, o que estava na moda eram as calças de cintura descaída, que nos presenteavam constantamente com regos, e cuecas de fio dental e outras parecidas. Era um fartote, andava tudo de rabo semi à mostra.
Nos tempos que correm, temos as calças de cintura subida, que nos presenteam diariamente com jovens de 16 anos com rabos do tamanho do da minha mãe. E, pois, não sei o que vos diga.

November 13th, 2016

(no subject)

Share
Durante anos, subscrevi a distinção de Pavese entre o «amor-totalidade» e o «amor-refúgio». Mas hoje já não acredito que a diferença seja assim tão nítida. Porque às vezes a «totalidade» é apenas um nome poético para a irrealidade. E às vezes um refúgio torna-se uma casa onde vivemos bem.

Pedro Mexia

How to disappear completely

Share




Only those who care about you can hear you when you are quiet.

(no subject)

Share


Somehow I lost touch
when you went out of sight
when you got lost into the city
got lost into the night.

November 11th, 2016

(no subject)

Share
Let me cook you some dinner.
Sit down and take off your shoes
and socks and in fact the rest
of your clothes, have a daquiri,
turn on some music and dance
around the house, inside and out,
it's night and the neighbors
are sleeping, those dolts, and
the stars are shining bright,
and I've got the burners lit
for you, you hungry thing.



Ron Padgett

November 9th, 2016

(no subject)

Share


I am going to fall in love with you some day
I'm gonna fall in love and run away.

November 7th, 2016

(no subject)

Share
Ao ponto de acreditares que há coisas que te estão destinadas?

Talvez, ao ponto de acreditar que, independentemente do esforço que façamos, algumas coisas só vão acontecer se fizerem sentido na nossa vida. Provavelmente, terá que ver com essa ideia de mérito. De achar: 'ok, se alguma coisa de bom me aconteceu foi porque o mereci'; 'se tiver de acontecer alguma coisa errada, talvez eu seja a pessoa indicada para lidar com esse problema'. Eu penso muito assim: às vezes temos problemas porque somos perfeitos para os ter. É porque somos as pessoas certas para passar por aquele desafio. E atravessamos esse desafio com uma capacidade de aprendizagem que outras pessoas talvez não o conseguissem. Isto acontece porque temos problemas que nos dizem respeito. Funcionam como escolas para as pessoas que somos.

Excerto de uma entrevista a Valter Hugo Mãe

November 6th, 2016

(no subject)

Share



Apesar de saber que isto é feito, que é publicidade e, como tal, é manipulado para servir um objectivo comercial, este anúncio tem uma boa mensagem. E não consigo deixar de me emocionar sempre que passo por ele. Como mulher, mas também como ser humano. O reconhecimento do amor nas suas diferentes formas, e a sua expressão, é das coisas mais bonitas e importantes na vida humana.
Seja ficção ou não.

(no subject)

Share


I stopped going to therapy
because I knew my therapist was right
and I wanted to keep being wrong.
I wanted to keep my bad habits
like charms on a bracelet.
I did not want to be brave.
I think I like my brain best
in a bar fight with my heart.
I think I like myself a little broken.
I’m ok if that makes me less loved.
I like poetry better than therapy anyway.
The poems never judge me
for healing wrong.


Clementine Von Radics

November 2nd, 2016

Toing

Share
We think, each of us, that we’re much more rational than we are. And we think that we make our decisions because we have good reasons to make them. Even when it’s the other way around. We believe in the reasons, because we’ve already made the decision.

Daniel Kahneman

(no subject)

Share


And so I'll sing that song
the one from way back
right now, the hurt is gone
it doesn't sound so bad
and when I sing that song
it doesn't sound so bad
I use the same voice
I always had.

October 31st, 2016

Endless nights

Share
I’m losing our battles all over again
I’m going to war,
to war with myself.

October 30th, 2016

(no subject)

Share




no papel, as palavras escondidas, as nuvens.
dizes não posso ser o mundo hoje, esqueces que
tu és o mundo. dizes não posso, e eu gostava que
soubesses sempre que um lamento dentro de mim
te repete. abro o papel dobrado e abro a noite
no céu. as árvores são distantes, as palavras
e talvez a música, a terra é distante no
papel dobrado que me entregas escondido
na mão.


José Luís Peixoto

(no subject)

Share


A uma hora dessas
por onde vagará seu pensamento
terá os pés na areia em pleno apartamento?

A uma hora dessas
por onde passará seu pensamento
por dentro da minha saia ou pelo firmamento?

October 27th, 2016

(no subject)

Share
(...) As certezas são menos interessantes. Pelo menos no jogo do amor. Se calhar em tudo. As dúvidas fazem-te continuar a pensar, insistir na procura, roubam-te o sono, inquietam sem te deixar sossegar. O amor é também uma espécie de guerra, e uma guerra é uma espécie de jogo, onde há vencedores e vencidos e nunca empates. Já mo tinhas dito, antes de mo repetires mil vezes. Concordo, se tu concordares, que passar por vencido pode ser a forma mais subtil de adquirir poder sobre o outro. Que a mais excelente vitória não está em ganhar todas as batalhas, mas em vencer o inimigo sem precisar de o combater.

Pedro Paixão
Powered by LiveJournal.com